Guia de Estudos: “Que fazer?” por Vladímir Ilich Lênin

Que fazer?

Publicado em 1902, “Que fazer? Questões candentes de nosso movimento”, é o texto de argumentação de Lênin para uma organização revolucionária distinta, deste modo, é visto como um dos textos fundadores da forma leninista de organização partidária. Escrito em resposta as particularidades do movimento marxista na Rússia de seu tempo, e como uma intervenção ao Partido Operário Social Democrata Russo, o texto ainda ressoa até o presente dia.

Enquanto os argumentos no livro são cruciais para o marxismo, eles também foram amplamente mal-entendidos ou caricaturados. Esperamos que esse guia de estudos e discussão auxilie os camaradas e seus amigos a avançar pelo texto, lendo as argumentações em seus próprios termos, com um olhar direcionado a seus nuances. Para aqueles que estão interessados nas suas aplicações do presente momento, cheque este artigo sobre o partido leninista hoje em dia, e este artigo sobre as mídias sociais e o leninismo.

Prefácio:

  1. Enquanto você lê este texto, mantenha uma lista de tudo que Lênin diz sobre o que o partido de vanguarda é ou deve ser, e tudo o que ele diz que não é e não deve ser.

I. Dogmatismo e “liberdade de crítica”

  1. Quais as duas tendências que Lênin identifica internacionalmente na social-democracia (o qual era, naquele período, o nome do movimento socialista)?
  2. Quais as características fundamentais do marxismo Bernstein rejeita?
  3. O que a seção inicial nos diz sobre a palavra “crítico”?
  4. Por que isso é importante para nós hoje em dia?
  5. Qual é, no final, o problema com a demanda pela liberdade de crítica?
  6. Porque a teoria marxista se tornou confusa durante o período do “marxismo legal” na Russia?
  7. O que é necessário para entrar em alianças com forças que não são confiáveis?
  8. E sobre os marxistas que entram em alianças com não-marxistas?
  9. Qual é a definição de Lênin de “espontaneidade”?
  10. O que é a necessidade anterior ao entrar em uma frente de unidade?
  11. O que a liberdade de crítica implica para as organizações marxistas?
  12. Lênin escreve que, “Sem teoria revolucionária, não pode haver movimento revolucionário”. O que ele quer dizer com isto?
  13. O que essa afirmação tem a ver com a espontaneidade?
  14. Qual o papel da teoria em um partido de vanguarda?
  15. Quais as três formas – ou frentes – de luta que Engels menciona?

II. A Espontaneidade das Massas e a Consciência da Social-Democracia

  1. Porque a relação entre consciência e espontaneidade é tão importante?
  2. O que Lênin quer dizer quando ele escreve que, “existe uma diferença entre espontaneidade e espontaneidade”? Qual é a diferença?
  3. Qual é a relação entre espontaneidade e consciência?
  4. Que tipo de consciência a classe trabalhadora pode desenvolver por conta própria?
  5. Quais são as limitações deste tipo de consciência?
  6. Ao que Lênin atribui a força do movimento dos trabalhadores?
  7. Embora a teoria não ascenda espontaneamente de dentro do movimento dos trabalhadores, isso significa que os trabalhadores não têm um papel na teoria?
  8. Por que os movimentos espontâneos tendem a ideologia burguesa?
  9. De quais dois modos podemos interpretar a frase: o movimento dos trabalhadores vai determinar as tarefas?
  10. O que está em jogo em cada definição?
  11. O que Lênin quer dizer quando ele fala que o partido deve ser um “espiríto”?

III. Política Sindical e Política Social-Democrata

  1. O que é a “leitura de denúncia”? Que efeitos a sua introdução teve nos trabalhadores?
  2. Qual o papel da literatura para o avanço da luta de classes?
  3. Devemos nos limitar a luta econômica? Porque sim ou não?
  4. Quais são todas as esferas da vida que devemos nos preocupar? Escreva uma lista e adicione as esferas que Lênin menciona.
  5. A área econômica é o melhor caminho de convidar pessoas a luta política? Porque sim ou não?
  6. O que é necessário para a que a consciência de classe seja genuinamente política?
  7. Pense em exemplos contemporâneos de lutas não-econômicas que avançam a consciência política.
  8. Em vez de pedir por mais atividades, o que os intelectuais devem fazer pela luta socialista?
  9. O que há de comum entre o “economismo” e o “terrorismo”?
  10. Porque é importante ligar diferentes lutas? Qual o papel da educação neste processo?
  11. Como os economistas desvalorizam a atividade das massas?
  12. Lênin escreve que a “consciência política de classe não pode ser levada ao operário senão do exterior, isto é, do exterior da luta econômica.” Isso significa que os trabalhadores necessitam de intelectuais para alcançar a consciência política? Se não, o que Lênin quer dizer com isso?
  13. O partido de vanguarda esta preocupado somente com os trabalhadores industriais?
  14. Pode a vanguarda se chamar de vanguarda? Se não, o que é necessário?
  15. Qual razão Lênin dá para o fracasso dos revolucionários sociais-democratas em Fevereiro e Março?

IV. Os Métodos Artesanais dos Economistas e a Organização dos Revolucionários

  1. Como Lênin caracteriza o envolvimento dos estudantes no marxismo? Como ele começou e como ele cresceu?
  2. Como isso se relaciona ao movimento estudantil hoje em dia? Que potencial está nele? Que obstáculos?
  3. Porque os trabalhadores abandonaram a intelligentsia?
  4. O que há de errado em limitar as lutas para as tarefas imediatas e concretas?
  5. Você conhece demandas para limitar essas lutas hoje em dia? De elas vem? Como você agitaria contra elas?
  6. Quais são as características de um revolucionário profissional?
  7. Deveríamos manter uma distinção entre os trabalhadores e os intelectuais do Partido? Porque sim ou não?
  8. Quais as vantagens de organizações amplas como sindicatos? Quais são as desvantagens práticas?
  9. Qual o argumento contrário a mobilizar o movimento da classe trabalhadora “por fora”?
  10. Onde você encontra argumentos semelhantes hoje em dia?
  11. Qual a resposta de Lênin para este argumento?
  12. Como você poderia responder a ele hoje em dia?
  13. Qual é a relação entre as massas revolucionárias e o movimento de massas, de um lado, e a organização de revolucionários profissionais, de outro lado?
  14. Deveria o Partido ser especializado? Porque sim ou não?
  15. O que Lênin diz sobre barganhar os trabalhadores?
  16. Como o revolucionário profissional se desenvolve?
  17. Quais as duas condições dos princípios democráticos?
  18. Qual o real significado por trás de frases como “democracia ampla”? Qual o seu real impacto nas lutas?
  19. Porque princípios democráticos amplos são limitantes?
  20. Qual deve ser a relação entre o trabalho nacional e internacional?
  21. Lênin nos da um exemplo concreto de como o Partido une o trabalho local e nacional. O que é, o que ele revela sobre a relação entre o Partido e a luta de massas?

V. “Plano” de um Jornal Público para Toda a Rússia

  1. Quais críticas apareceram no Rabótcheie Dielo?
  2. Que argumentos que você encontrou previamente no panfleto que aparecem na resposta de Lênin as críticas?
  3. Por que “plano” está entre parênteses no título deste capitulo?
  4. Por que um Jornal Público para toda a Rússia é crucial para o treinar localmente as organizações políticas?
  5. Qual a relação entre a ação política e o jornal? Como poderíamos extrapolar isso para pensar a relação entre teoria e prática?
  6. Qual o ponto da analogia do pedreiro?
  7. Lênin conclama todos a unidade, mas ninguém dá “uma ideia definitiva sobre como começar e como formar essa unidade”. Como Lênin responde a isto? O que o jornal tem a ver com unidade?
  8. Qual a importância desta seção para hoje em dia?
  9. Porque Nadejdine critica o Iskra pelo formato “livresco”? Como Lênin responde?
  10. Como convites a atividades terroristas deixam as massas isoladas da luta?
  11. Como uma organização centrada em volta de um jornal iria prover a necessária flexibilidade para a atividade política?
  12. Como a unidade organizativa continua com a luta avançando mesmo quando seus organizadores são presos?

Texto originalmente publicado no site Liberation School, disponível neste link.

Tradução por Andrey Santiago

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close