Mao Zedong – Declaração em Apoio à Luta Afro-Americana contra a Repressão Violenta

16 de abril de 1968.

Originalmente disponibilizado por Charisse Burden-Stelly.

Tradução por Guilherme Henrique.


Alguns dias atrás, Martin Luther King, o pastor afro-americano, foi subitamente assassinado pelos imperialistas norte-americanos. Martin Luther King foi um expoente da não-violência. No entanto, os imperialistas dos EUA não mostraram nenhuma tolerância para com ele, mas usaram a violência contrarrevolucionária e o mataram a sangue frio. Isso ensinou às grandes massas do povo negro nos Estados Unidos uma grande lição. Isso desencadeou uma nova tempestade em sua luta contra a repressão violenta que varreu mais de uma centena de cidades nos Estados Unidos, uma tempestade como nunca ocorreu antes na história daquele país. Mostra que uma força revolucionária extremamente poderosa está latente nos mais de vinte milhões de negros Americanos.

A tempestade da luta afro-americana que está ocorrendo nos Estados Unidos é uma manifestação impressionante da abrangente crise política e econômica que agora domina o imperialismo norte-americano. É um golpe contundente para o imperialismo dos EUA, que está cercado de dificuldades internas e externas.

A luta afro-americana não é apenas uma luta travada pelos negros explorados e oprimidos por liberdade e emancipação, é também um novo apelo a todo o povo explorado e oprimido dos Estados Unidos para lutar contra o bárbaro domínio da classe capitalista monopolista. É um grande apoio e inspiração para a luta do povo em todo o mundo contra o imperialismo dos EUA e para a luta do povo Vietnamita contra o imperialismo dos EUA. Em nome do povo chinês, expresso apoio resoluto à luta justa do povo negro nos Estados Unidos.

A discriminação racial nos Estados Unidos é um produto do sistema colonialista e imperialista. A contradição entre as massas negras nos Estados Unidos e os círculos dominantes dos EUA é uma contradição de classe. Somente derrubando o domínio reacionário da classe capitalista monopolista dos EUA e destruindo o sistema colonialista e imperialista, o povo negro nos Estados Unidos pode obter a emancipação completa. As massas negras e as massas de trabalhadores brancos nos Estados Unidos compartilham interesses comuns e têm objetivos comuns pelos quais lutar. Assim, a luta afro-americana está ganhando simpatia e apoio de um número crescente de trabalhadores brancos e progressistas nos Estados Unidos.

A luta do povo negro nos Estados Unidos está fadada a se fundir com o movimento dos trabalhadores americanos e isso acabará com o domínio criminoso da classe capitalista monopolista.

Em 1963, em minha “Declaração Apoiando os Afro-Americanos em Sua Luta Justa Contra a Discriminação Racial pelo Imperialismo dos EUA”, eu disse que “o sistema maligno do colonialismo e do imperialismo surgiu e prosperou com a escravização e comércio de negros, e certamente chegará ao fim com a emancipação completa do povo negro”. Ainda mantenho essa visão.

Atualmente, a revolução mundial entrou em uma nova grande era. A luta do povo negro nos Estados Unidos pela emancipação é uma parte componente da luta geral de todos os povos do mundo contra o imperialismo norte-americano, uma parte componente da luta revolução mundial contemporânea. Convoco os trabalhadores, camponeses e intelectuais revolucionários de todos os países e todos os que estão dispostos a lutar contra o imperialismo dos EUA a agir e dar forte apoio à luta do povo negros dos Estados Unidos! Povos de todo o mundo, uni-vos ainda mais e lancem uma ofensiva sustentada e vigorosa contra nosso inimigo comum, o imperialismo dos EUA, e contra seus cúmplices! Pode-se dizer com certeza que não está longe o completo colapso do colonialismo, do imperialismo e de todos os sistemas de exploração, e a completa emancipação de todo os povos e nações oprimidas do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close