Declaração do PSL: Trump e Biden – O que realmente está acontecendo?

Declaração lançada no dia 13 de novembro de 2020, disponível em inglês no site Liberation News.

Donald Trump não vai ser o novo presidente dos EUA às 12h do dia 20 de janeiro e ele sabe disso. Todos os centros de poder institucional da classe dominante sabem que as afirmações de Trump de que ele ainda tem um caminho para a presidência são sem sentido. O establishment do Partido Republicano sabe que esse é o caso, mas nenhum dos lideres do partido quer diretamente contradizer Trump por conta de sua profunda popularidade com os eleitores Republicanos. Trump não tem uma estratégia ou um plano. A cada dia que passa um novo esforço é feito por ele para dominar o ciclo de notícias. Trump afirmou que as máquinas do sistema de votação “deletaram 2,7 milhões de votos de Trump nacionalmente”, mas em questão de horas o seu próprio Departamento de Segurança Interno emitiu um posicionamento declarando que a afirmação era falsa, embora não mencionassem Trump por seu nome.

Trump está enganando a população. Ele também está levantando muito dinheiro. Trump é um vigarista e ele está metido em outros esquemas de enganação. Ele está pedindo para que seus apoiadores doem dinheiro para a sua “defesa legal” do processo eleitoral sob o slogan “Parem com a Roubo.” Nas letras miúdas, entretanto, a parte que quase ninguém lê, mostra que os primeiros 5 mil dólares de qualquer doação irão para a liderança pessoal do PAC de Trump, o que é nada senão um fundo privado para subornos. Milhões de dólares já foram levantados pelas insuspeitas hordas de fãs de Trump.

Por outro lado, as organizações sem fins lucrativos pró-Partido Democrata também estão levantando milhões de dólares para “proteger os resultados das eleições” e enviando mensagens alarmantes sobre o “golpe de Estado” de Trump. Claro, Trump estaria perfeitamente feliz em garantir um golpe para se manter no cargo de presidente. Caso contrário, ele e seus filhos irão encarar múltiplas acusações criminais e processos civis pelos seus crimes financeiros quando retornarem a vida civil. Muitas dessas acusações e ações civis serão conduzidas em níveis estaduais por Procuradores Distritais e Gerais do Partido Democrata. Uma vez civil, Trump irá perder todas as suas imunidades se e quando for acusado pelos crimes financeiros em níveis estaduais, Trump certamente não está longe de querer uma conquista ilegal do poder, mas ele não tem apoio dentro do establishment capitalista para se engajar nessa aposta de longo alcance. Dessa forma, Trump está se engajando numa gigante farsa.

O caráter político de uma Casa Branca de Biden

Enquanto a mídia capitalista foca no fracasso de Trump em aderir as normas aceitadas e permitir a “transferência pacifica de poder” de um partido da classe dominante para o outro, a administração de Biden está em formação.

É criticamente importante que os trabalhadores com consciência de classe e socialistas compreendam o caráter social e político da administração de Biden. Este será um governo completamente imperialista. Ele será composto e liderado por vigaristas que advogam guerras, agentes dos bancos de Wall Street e o complexo militar-industrial. A administração de Biden não será progressista. Não é genuinamente de esquerda, de fato, é o produto do establishment do Partido Democrata esmagando Bernie Sanders na noite da Super Terça e depois oferecendo a ala liberal do partido nada após Sanders jogar a toalha. Este será um governo ultra-capitalista e imperialista e, logo, um inimigo da classe trabalhadora e dos pobres internamente e que irá possuir uma política externa imperialista e agressiva internacionalmente. Qualquer extensão de reformas progressistas que podem ser vencidas no próximo período, serão 100 por cento resultado da luta da classe trabalhadora e das comunidades oprimidas e por um movimento anti-imperialista.

Colocar uma ou duas figuras liberais como Bernie Sanders no gabinete da administração imperialista de Biden, que estarão funcionando sob a disciplina do executivo como é requisitado de todo membro do gabinete, não mudará o caráter reacionário, imperialista da administração em uma grama. Se algo acontecer, será a utilização de tal movimento pelo governo capitalista para providenciar uma cobertura liberal para suas próprias políticas reacionárias.

De volta às ruas!

O que precisamos agora é mobilizar o povo. O Partido Democrata e a administração de Biden devem sentir a pressão da multinacional classe trabalhadora. Organização e mobilização são as palavras o dia. Nas últimas semanas, militantes do PSL tem feito cartazes e faixas com as demandas: “Cancelem os Aluguéis!”, “Prendam os Policiais Racistas e Assassinos!”, “Medicare para Todos!”, “Desfinanciem a Polícia!”, “Desfinanciem o Pentágono!”, “Todos os Direitos para os Imigrantes!” e “Pelo Fim do Fracking!”.

Nos levaremos essas demandas e outras para a inauguração de Joe Biden no dia 20 de janeiro de 2021. A única razão pela qual ele é presidente se dá por que 70 milhões de pessoas votaram para destituir o reacionário e racista Donald Trump. Seus votos foram um referendo contra Trump e não um aval a Biden ou seu programa reacionário. É natural que as pessoas estejam num clima de celebração por que Trump está saindo da Casa Branca, mas o despejo de Trump não vai prevenir o despejo de milhões de trabalhadores de suas próprias casas. Não irá garantir um programa de saúde acessível. Não irá parar policiais assassinos em sua crescente epidemia de assassinatos de pessoas negras e marrons. Não irá mover a sociedade do uso de combustíveis fósseis para sustentar o planeta e a vida.

Nossa tarefa é construir um movimento de massas para reformas imediatas. Muitas são alcançáveis se o a luta for profunda e ampla o suficiente. Ao mesmo tempo, o PSL está construindo o movimento pelo socialismo. Trump realmente é e foi um sintoma de uma doença. As políticas de Biden são um sintoma do mesmo problema: o capitalismo. A solução está fora desses dois partidos da classe dominante. Na realidade, reduzir a “democracia” a escolha de um dos dois partidos do capital para conduzirem a sociedade é a negação da democracia. Nós estamos se organizando pelas reformas necessárias para a construção de um novo movimento de massas, para uma mudança transformadora e radical. Essa é a tarefa dos socialistas no próximo período.


Tradução por Andrey Santiago

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close